Durante toda a nossa vida passamos por diferentes situações que podem nos deixar mais tímidos e ansiosos. A primeira entrevista de emprego, mudar de escola, falar em público ou até mesmo um primeiro encontro. Todas essas situações causam uma série de emoções que nos colocam em estado de alerta. Imagine agora se isso acontecesse todos os dias, nas atividades mais simples do nosso cotidiano. É assim que se sente alguém que possui transtorno de ansiedade social.

Chamado também de fobia social, o transtorno afeta pessoas que têm um receio constante de interação social. O medo do julgamento é algo constante nesses casos. O paciente tem receio da humilhação e do julgamento de pessoas próximas ou mesmo desconhecidas, acabando isoladas por evitarem toda e qualquer situação pública.

Sintomas que podem ocorrer com quem possui transtorno de ansiedade social:

Emocionais:

–  Ansiedade em situações sociais cotidianas

– Preocupar-se por antecipação com um evento social

– Pânico de ser visto ou mesmo julgado pelos outros

– Medo se fazer algo errado

– Ficar preocupada se outras pessoas vão perceber seu nervosismo

 

Físicos:

– Rosto vermelho

– Falta de ar

– Náuseas, enjoo

– Tremores

– Taquicardia

– Suor excessivo

– Tonturas e, em alguns casos, desmaios

 

Comportamentais


– Evitar situações sociais de todos os tipos

– Ficar muito quieto e permanecer escondido para evitar chamar a atenção

– Ir ao lugares sempre acompanhado de um amigo

– Consumir álcool antes de eventos sociais para ficar calmo

Pela lista de sintomas é possível perceber que a limitação causada pela dificuldade de interação torna a vida de quem possui transtorno de ansiedade social ainda mais difícil. Comentamos aqui três situações onde alguém que sofre desse transtorno pode se sentir desafiado, porém existem diversas outras que podem ser o gatilho para ansiedade. Confira:

1 – Se apresentar ou ser apresentado para pessoas desconhecidas

Encontrar pessoas novas é uma situação comum, não é mesmo? Um novo colega de classe, trabalho, eventos sociais, etc. A qualquer momento alguém que nunca vimos pode nos ser apresentado. Isso pode ser uma boa oportunidade para fazer um novo amigo.

No caso de quem sofre de transtorno de ansiedade social, ser apresentado a alguém novo pode causar muita tensão. Normalmente pessoas que portadoras desse transtorno evitam ao máximo esse tipo de situação. Quando elas são inevitáveis podem sofrer de muitos dos sintomas citados acima.

2 – Entrar numa sala onde as pessoas já estão sentadas

Normalmente quando alguém entra em uma sala onde todos estão sentados os olhares se voltam todos para quem entrou. Um dos grandes receios de um paciente com transtorno de ansiedade social é ser o centro das atenções. Quanto mais pessoas te observarem maior é a possibilidade delas te julgarem ou mesmo tentarem interagir.

É comum alguém com o transtorno de ansiedade social chegar muito mais cedo, sentar em um dos cantos da sala. De preferência em um lugar que possa não chamar a atenção de ninguém.

3 – Participar de processos seletivos

Procurar um emprego pode gerar muita ansiedade em pessoas comuns, porém em alguém com fobia social podem sentir a sensação que está sendo torturado. Em um processo seletivo existe a pressão de ser avaliado pelo seu valor enquanto profissional, além de ser  necessário interagir com desconhecidos. Em algumas empresas, uma das etapas do processo de seleção é uma dinâmica de grupo, o que pode disparar diversos gatilhos para quem sofre desse transtorno.

Você gostaria de conversar com alguém sobre transtorno de ansiedade social? Se tiver com dúvidas e quiser um aconselhamento especializado, agende uma sessão de com um de nossos especialistas aqui. O Zenklub é a maior rede vídeo-consultas com psicólogos, onde você tem acesso a mais de 100 especialistas a qualquer hora, de qualquer lugar.

Zenklub

Zenklub

Proporcionar um estilo de vida mais saudável e permitir que as pessoas se empoderem da sua saúde emocional e bem-estar é o objetivo do Zenklub. Para além das matérias no blog, no site você pode consultar um psicólogo por vídeo-chamada de onde estiver. São mais de 80 psicólogos a um clique de distância.
Zenklub