Você tem uma lista de pessoas que admira? É muito importante ter em quem se inspirar, principalmente quando somos jovens. Se você fizesse uma lista de pessoas célebres, quantas seriam mulheres? Nem sempre as personagens femininas ganharam destaque por seus feitos.

Pensando em inspirar mais mulheres a seguirem os seus talentos, selecionamos atletas, cientistas, personagens históricos, militantes de direitos que fazem ou fizeram a diferença no Brasil.

Celina Turchi

Na lista entre as 100 pessoas mais influentes do mundo segundo a revista norte-americana Time, Celina Turchi, é médica epidemiologista e atua como pesquisadora convidada na Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) de Pernambuco. Ela foi reconhecida pela Time por criar uma rede com cerca de 30 profissionais de diferentes especialidades e instituições, que  conseguiu identificar como o vírus Zika e a microcefalia estavam associados em apenas três meses.

Celina também está na lista dos dez cientistas mais importantes de 2016 da revista Nature, a mais importante publicação científica do mundo. Ela é professora aposentada e continua trabalhando para buscar mais respostas sobre a doença.

Dandara

Ao lado de Zumbi dos Palmares, Dandara é referenciada como um dos principais personagens históricos na luta contra a escravidão no Brasil. Esposa de Zumbi, Dandara comandou o Quilombo dos Palmares ao seu lado, traçando planos e estratégias que manteria o território a salvo dos constantes ataques que sofriam. Pela sua coragem e batalha pelos direitos dos negros, ela é uma figura histórica que representa a luta contra o regime escravista que durou três séculos no país.

Marta Vieira da Silva

Conhecida apenas como Marta, ela é uma das atletas brasileiras mais reconhecida mundialmente pela sua excelência no futebol. Marta ganhou o título de melhor jogadora de futebol do mundo cinco vezes, ultrapassando outros jogadores homens.

Além disso, foi considera a maior artilheira da história das Copas do Mundo de Futebol Feminino, em 2015, e se tornou a maior artilheira da história da seleção (masculina e feminina) brasileira com 101 gols. Atualmente, a atleta joga pelo Orlando Pride, nos Estados Unidos. Ela é umas das mulheres inspiradoras que incentivam as meninas a seguirem um esporte que é considerado masculino. 

Maria da Penha

Reconhecida pela lei que combate a violência doméstica contra mulheres no país, Maria da Penha lutou por 20 anos para que seu ex-marido fosse preso. O agressor tentou matar Maria duas vezes, o que a deixou paraplégica.

A lei foi criada por recomendação da Organização dos Estados Americanos (OEA) que puniu o Brasil por negligenciar a violência doméstica. Maria é hoje uma militante dos direitos das mulheres.

Nise da Silveira

Conhecida pelo seu trabalho pela reforma manicomial, Nise da Silveira foi umas das primeiras médicas no país a se opor aos procedimentos agressivos aplicados nos pacientes psiquiátricos na década de 1940.  Foi por meio das artes que ela ajudou seus pacientes a encontrarem um caminho para contato com a realidade.

Em 1952, a médica fundou o Museu de Imagens do Inconsciente, onde as obras dos artistas descobertos por Nise tiveram espaço para a exposição. O trabalho dela inspirou um filme que conta sua história.

Você conhecia essas mulheres inspiradoras? Que mulheres você admira? Conte nos comentários.

Zenklub

Zenklub

Proporcionar um estilo de vida mais saudável e permitir que as pessoas se empoderem da sua saúde emocional e bem-estar é o objetivo do Zenklub. Para além das matérias no blog, no site você pode consultar um psicólogo por vídeo-chamada de onde estiver. São mais de 80 psicólogos a um clique de distância.
Zenklub