Nos anos 1950, o antropólogo Gregory Bateson publicou a teoria do “duplo vínculo”, cuja hipótese é de que a “vítima”, pessoa que se tornou psicótica, encontra-se em um padrão de comunicação no qual uma mensagem contradiz a outra e a pessoa fica confusa, sem saber que mensagem seguir. Segundo Bateson, essa pode ser a origem da esquizofrenia em crianças.

Roberto Ziemer afirma que nas empresas, esse padrão de comunicação é bastante destrutivo tanto para o desempenho, como para o clima organizacional. O funcionário ouve as duas orientações contraditórias e não sabe o que fazer (por não causar um clima ruim dentro da organização), então fica perdido, sem conseguir compreender o que a empresa realmente espera dele. O autor apresenta diversas frases que exemplificam o “duplo vínculo” nas empresas:

Valores que a empresa apoia x Realidade

Tenha iniciativa x Não quebre as regras

Notifique erros imediatamente x Erros serão punidos

Pense na organização como um todo x Preocupe-se apenas com sua área

Coopere x Compita

A empresa é orientada para pessoas x O salário é baixo, mas todo final de ano se distribuem cestas de Natal.

As mensagens do lado esquerdo fazem parte dos valores que a empresa promove para seu público interno e externo. As mensagens do lado direito representam valores implícitos, aqueles que são utilizados para punir ou recompensar.

Apesar de saberem-se os danos causados, é muito difícil mudar esses padrões de comunicação, pois estão arraigados nas pessoas que, mesmo querendo mudar, resistem, pois as mudanças são interpretadas dentro da lógica do “duplo vínculo”, ou seja, acredita-se que os dirigentes falam uma coisa e fazem outra.

É possível modificar esses comportamentos, desde que profissionais qualificados sejam capazes de identificar o “duplo vínculo” com precisão, sejam capazes de demonstrar as consequências negativas e transtornos que esse padrão acarreta, bem como desenvolvam uma estratégia de mudança que possibilite relacionamentos abertos, transparentes, envolvendo todos os participantes da empresa.

Silvana Eloisa Brianezi

Silvana Eloisa Brianezi

Psicóloga e Coach, experiência de 22 anos na área empresarial, MBA Administração, foco na ansiedade, stress, depressão, timidez, autoconhecimento, habilidades de liderança, problemas no trabalho, conflitos , e tudo o que se refere à saúde e bem estar do ser humano dentro e fora da empresa.
Silvana Eloisa Brianezi