Dia dos Namorados diferente pede atitudes diferentes

É o seu primeiro Dia dos Namorados ou você já é experiente nessa área? Não importa. Sempre é tempo de aprender como melhorar na arte da paixão. Conversamos com a psicóloga Tereza Giordan para saber o mapa da mina da vida a dois. Não precisa ter ideias de presente mirabolantes. Pequenos atos falam mais alto.

A palavra é de ouro – Verbalize coisas que incomodam e que agradam. Represar pequenas mágoas pode resultar em grandes problemas. Soltar pequenos elogios melhora a vida a dois.

Dividir para conquistar – Separe tempo pro mozão e tempo pra galera. Nunca se esqueça que se você só passa tempo com os amigos, o/a namorado vai ficar chateado, mas não deixe a turma pra trás, afinal de contas, é no ombro deles que você vai chorar quando as coisas não estão boas em casa.

Atenção aos detalhes – Por mais bobas que pareçam, as histórias que ele ou ela te contam são importantes – se não, eles não contariam. Ouça com atenção e demonstre algum interesse, mesmo que seja aquele causo sobre como a turma dele venceu a gincana interclasses quando ele estava no segundo ano (zzz).

A grama do vizinho – Ciúme é sinal de que existe alguma insegurança. Vamos trabalhar isso com um psicólogo do Zenklub? De qualquer forma, ficar de olho comprido em terceiros, além de ser falta de educação, é uma grande sacanagem!

Faça-se presente – Em coisas pequenas como preocupações cotidianas até assuntos importantes como luto de parente ou mudança de carreira. Relacionamento é parceria.

Enfeite o pavão – É sempre bacana ficar bonito para quem a gente ama. Não precisa fazer nenhuma loucura, tipo receber o namorado de longo no barzinho ou passar horas retocando o topete. Detalhes como uma roupa íntima legal já contam muitos pontos. Aposentar aquela camiseta de político que virou pijama também é uma boa. Falta de cuidado pessoal pode ser sinal de que você não está se sentindo muito bem. Aconteceu algo?

Radar ligado – esteja atento ao que o outro quer. Desde um presente inesperado até as preferências na cama. Isso demonstra cuidado

Controle as expectativas – ninguém é perfeito. É muito mais gostoso viver com alguém real que a gente ame, que fantasiar com alguém ideal e ficar chupando dedo. O legal do relacionamento é aprender com as diferenças, não tentar mudá-las à força.

Em vez de quebrar a cabeça com ideias de presente para o Dia dos Namorados, vamos exercitar o carinho todos os dias! Não tem agrado melhor. E se as coisas com o seu amor não estão indo bem, pode contar com a ajuda do Zenklub.

Tereza Giordan

Tereza Giordan

Atendimento em clínica há mais de 30 anos. É especialista em Terapia Junguiana e Interpretação de sonhos. Trabalha na tentativa de alívio dos sintomas físicos, psíquicos e sociais.
Tereza Giordan