Existe uma famosa frase que diz: “depressão é excesso de passado, stress é excesso de presente e ansiedade é excesso de futuro, ou seja, tudo o que foge do equilíbrio não faz bem”. Estar bem e em paz não significa não ter problemas ou que tudo está perfeito na vida. Estar bem é “sentir-se bem apesar de…”

Viver é experienciar conflitos, resolver problemas, ter alguns momentos de prazer e outros tantos de tristeza. O quanto antes você compreender isso, mais rápido em direção ao equilíbrio irá. A falta de conflitos, metas ou desafios (quando tudo parece nos seus devidos lugares e não há mais nada pelo que lutar) também pode gerar uma angústia muito grande: o tédio. Portanto, sempre estaremos vivenciando situações que contenham alguma carga emocional. O problema é quando a carga se torna tão intensa que atrapalha o dia a dia.

O importante é saber mediar essas questões, sentimentos e pensamentos, e para isso o autoconhecimento é fundamental. Quando prestamos atenção em nós mesmos, quando aprendemos a nos compreender e conseguimos “pensar sobre nossos pensamentos”, como se os pudéssemos pegá-los com as mãos e colocar numa caixinha e analisá-los através de um ponto de vista mais racional. “Tocá-los” e compreendê-los, de forma a dominá-los em vez de ser dominado por eles.

Tudo o que se torna excesso e transborda contaminando todo o nosso ser deve ser controlado, modelado. A terapia cognitivo-comportamental auxilia nesse processo de autoconhecimento, para monitorar os pensamentos que estão trazendo angústia e nos trava, impedindo que a vida flua. A intenção não é mascarar os fatos, mas verificar se não há distorções cognitivas e, caso haja, resolvê-las. Se os pensamentos forem válidos e coerentes, analisar uma maneira mais funcional de perceber e encarar os acontecimentos, o que vale a pena e o que deve ser descartado da sua vida, tendo tranquilidade para saber que podemos controlar algumas coisas, mas tantas outras não dependem de nós.

Se não podemos controlar tudo, é bom saber que podemos monitorar os nossos pensamentos, prestar atenção neles e ter uma vida com mais qualidade e foco. Quando estiver passando por cargas emocionais intensas, deixo aqui para reflexão uma frase do precursor da Yoga no Brasil, Professor Hermógenes, morto aos 94 anos. Quando lhe perguntaram qual era o segredo para se manter jovem, ele prontamente respondeu: aceito, agradeço, entrego e confio! A filosofia de vida do professor Hermógenes é uma maneira muito sábia e madura de encarar a vida com todos os seus encantos e problemas. Isso nos traz a serenidade necessária para deixar a vida seguir sem embaraços!

Elisangela Sales

Elisangela Sales

Desde sempre teve interesse na complexidade do comportamento e da mente humana e entender os fenômenos da psique virou uma meta na sua vida pessoal e profissional. Acredita que o autoconhecimento é essencial a todas as pessoas para que as suas vidas fluam com mais leveza.
Elisangela Sales